Resultados da sua pesquisa

Como lidar com o uso abusivo nas áreas comuns?

Postado por Acir Administradora em setembro 19, 2018
| 0

As chamadas áreas comuns do condomínio são aqueles espaços que todos os moradores podem usufruir – e também devem cuidar – de maneira igual. Certo? Na teoria, sim. Mas na prática nem sempre tudo funciona bem. Falando especificamente dos espaços de lazer: estes, muitas vezes, são utilizados de forma excessiva ou desrespeitosa por alguns condôminos. Para lidar com o uso abusivo nas áreas comuns do condomínio, o diálogo é sempre a melhor opção. Mas regras pré-estabelecidas são imprescindíveis para ainda evitar que isto aconteça.

Piscina, espaço gourmet, sala de jogos, quadras, salão de festa, academia… São muitas as opções de lazer disponíveis hoje em dia nos condomínios. Mas para que a diversão não dê lugar para estresse e desentendimentos é necessário gerenciamento e cuidado rigoroso das áreas de uso comum. Quando os direitos e deveres são divididos entre um alto número de pessoas, torna-se mais difícil o controle.

Cada espaço tem suas particularidades – os horários/épocas de maior movimento, o valor dos equipamentos disponíveis… – e isto deve ser levado em consideração na hora de criar o regulamento de utilização. É possível estipular: horário de utilização, reserva antecipada, pagamento de taxa para uso ou para limpeza posterior, lotação e o que mais ajudar na conservação do espaço e das relações. No entanto, todas as regras ou leis, mesmo que estabelecidas pela construtora ou pela administradora, devem ser expostas a todos os moradores em Assembleia e podem ser discutidas.

Algumas ideias para evitar o uso abusivo em cada espaço:

 

Piscina

Com o tempo quente, ela é a mais procurada. Para evitar problemas – e até por segurança -, é importante haver um horário de funcionamento. Além disso, podem ser estabelecidas regras como: não se alimentar ao redor da piscina, número de convidados por apartamento e produtos e brinquedos que não podem ser utilizados na água.

 

Sala de jogos/Parques/Brinquedoteca/Quadras

O uso abusivo pode causar danos e prejuízos para o condomínio. Além do bom senso necessário, esses ambientes também podem permanecer trancados. Desta forma, quem solicitar a chave será o responsável pelo cuidado da área enquanto estiver utilizando.

 

Espaço gourmet/Salão de festas

Nesses espaços os problemas mais frequentes são: disputa por data, barulho, danos, número excessivo de convidados, condições precárias de limpeza após eventos… Mas tudo isso também pode ser resolvido com regras.

Primeiro definir quem pode utilizar o espaço e depois como serão feitas as reservas. Não pode esquecer de estabelecer horários de funcionamento, responsabilidade por danos e lotação máxima. É comum, também, a cobrança de uma taxa para utilização, ao menos para arcar com a limpeza posteriormente.

 

Extra: Garagem

Garagem não é área de lazer, mas é de uso comum e pode trazer bastante dor de cabeça para os condôminos se não estiver tudo estabelecido. Para organizar o local, algumas ideias são bem válidas: sorteio e definição do tamanho das vagas, demarcação com a numeração do apartamento, proibição do uso da vaga como depósito e notificação para quem desrespeitar o espaço.

Mas antes de tudo, torna-se mandatório verificar o que diz a Convenção de Condomínio no que se refere ao direito e à distribuição das vagas, uso da garagem por não moradores, além de outras particularidades que não devem ser contrariadas

Tudo pode ser resumido a diálogo e regras

É fácil concluir que a melhor forma de lidar com o uso abusivo de áreas comuns no prédio é com regras pré-estabelecidas. Assim, na hora do diálogo, o Síndico, ou o representante da Administradora, pode se basear no regulamento para repreender o comportamento indevido de algum morador.