fbpx
Resultados da sua pesquisa

As principais causas de infiltrações

Postado por aciradm em maio 29, 2018
| Blog
| 0

Infiltrações podem se tornar grande problemas, e são um dos principais motivos de dor de cabeça para síndicos e condôminos. Isso porque elas danificam a estrutura das edificações, aumentam os custos com a água e resultam em obras de reparo. No entanto, é sempre difícil prever onde e quando elas vão surgir.

Embora apareçam com mais frequência em ambientes por onde as tubulações e as instalações hidráulicas passam. As causas deste tipo de problema podem ser diversas. Mas a razão é sempre a mesma: se há infiltração, é porque a água da chuva ou do encanamento está percorrendo caminhos ou desvios indevidos. E isso deixa marcas.

As maiores incidências continuam sendo as paredes e pisos de banheiros, cozinhas, áreas de serviço e garagens de prédios, por serem mais próximas das tubulações. No entanto, dependendo do caminho que a água acabar percorrendo fora dos encanamentos, em razão de rachaduras, fissuras, trincas, má vedação ou impermeabilização deficiente, a infiltração pode surgir em lugares menos prováveis como paredes de quartos, tetos e até armários – que logo ficarão cobertos por manchas permanentes de umidade. E se as causas das infiltrações não forem identificadas e resolvidas com rapidez, o problema pode se tornar ainda maior.

Por que acontecem as infiltrações?

As trincas, fissuras ou rachaduras nos ambientes, instalações hidráulicas e no encanamento, que podem ser a causa do problema, normalmente ocorrem por duas razões: algum erro na execução do projeto do imóvel (material de construção com qualidade inferior, imperícia dos empregados, etc.) ou a deterioração dos materiais e componentes, que pode ocorrer pelo desgaste natural ou por mau uso.

No caso de falhas na execução, uma impermeabilização deficiente de lajes, paredes e pisos, instalação incorreta ou má vedação de portas e janelas, pode fazer com que a água (até a da chuva) acabe passando por qualquer outro caminho que encontrar. No caso dos tubos e conexões, pode haver vazamento se tiverem sido mal instalados ou projetados em locais inapropriados.

A segunda possibilidade é que a vida útil dos encanamentos e instalações tenha acabado ou que, sendo utilizado de maneira incorreta, o material acabe se desgastando.

 

Como identificar sinais de infiltrações e vazamentos

Atenção é a principal dica. É preciso sempre observar os primeiros indícios de infiltração no apartamento e tentar identificar o foco dela. Em um primeiro momento, identificar uma infiltração não é nenhuma tarefa muito complicada. Alguns sinais são bastante visíveis e podem ajudar que o problema seja resolvido rapidamente.
Observe 4 sinais:

  • Manchas escuras (no teto e paredes, principalmente em cômodos por onde passa a tubulação)
  • Umidade na parede
  • Pintura descascada
  • Mofo

Em caso positivo para algum desses quesitos, comunique imediatamente ao síndico ou à administração do condomínio. O apartamento vizinho que pode ter relação com o problema também deve ser informado.